Login  Recuperar
Password
  22 de Outubro de 2019
Estão utilizadores online Existem actualmente entidades no directório

Pode fazer o registo (grátis) do seu mail pessoal/ profissional e ter acesso privado, password e serviços personalizados, nos sites e redes sociais dos jornais. Terá uma assinatura digital de Grupo (gratuita), mas personalizada. Pretende registar-se?

Registar-se com o seu email pessoal/ profissional

(aguarde 5)
Siga a nossa página Facebook Siga a nossa página Google Plus Siga-nos no YouTube Siga-nos no Twitter Dispositivos móveis Assine a edição impressa
Caldas / Política
Imprimir em PDF    Imprimir    Enviar por email   Diminuir fonte   Aumentar fonte

Paulo Morais em pré-campanha nas Caldas

Nós, Cidadãos! defende alternativa ao centro contra os partidos do sistema

O cabeça de lista do partido Nós, Cidadãos! às eleições europeias, Paulo Morais, que esteve no passado sábado na Praça da Fruta, em ação de contacto com populares, apresentou-se como uma alternativa ao centro, que luta contra a corrupção e tem preocupações ambientais.

31-05-2019 | Mariana Martinho

O candidato do Nós, Cidadãos! esteve na Praça da Fruta
[+] Fotos
O candidato do Nós, Cidadãos! esteve na Praça da Fruta
Na ação em que apelou ao voto no dia 26, Paulo Morais acompanhado pelo número 2 da lista, o eurodeputado José Inácio Faria, insistiu na importância do combate à corrupção e no combate pela transparência na União Europeia. Relembrou que “depois de 33 anos na União Europeia, somos o quinto país menos desenvolvido, integramos o grupo dos quatro mais corruptos, escasseia a qualidade de vida, temos salários e pensões de miséria, e há ainda 2 milhões de pobres”. Face a isso, “temos de combater esta fatalidade, e a mudança pode começar já neste próximo dia 26 de maio”.
O candidato do Nós, Cidadãos! também referiu, que “não iremos permitir que os fundos europeus, que são canalizados para os vários países, e em particular para Portugal, em vez de se destinarem ao progresso, ao desenvolvimento e à melhoria da qualidade de vida dos cidadãos, sejam canalizados para alimentar um enorme carrossel de corrupção, como aconteceu em Portugal”.
Paulo Morais, entende que os partidos do sistema, ou seja, “aqueles que têm maior expressão no Parlamento, têm mostrado, eleição após eleição, que não sabem dar conta do recado”. Face a isso, é “necessário que os cidadãos tenham uma alternativa sem terem de recorrer nem à extrema-esquerda nem à extrema-direita. Os cidadãos sabem que têm na nossa candidatura, uma alternativa ao centro do espectro político, e não estão a correr atrás de extremismos”. Igualmente defende a descarbonização da economia, da reutilização, da proteção das pessoas face à indústria farmacêutica, a conexão entre o ambiente e a saúde, bem como a criação de gabinetes, que funcionaram como “uma provedoria dos cidadãos”. “Lá receberemos nós próprios as pessoas, que o facto de serem europeus lhes dá mais direitos e garantias.
No domingo, o candidato e os seus apoiantes seguiram para um encontro com cidadãos na feira semanal de Santana.
Tags:
COMENTÁRIOS
Deverá efectuar Login ou fazer o Registo (Grátis) para poder comentar esta notícia.
pub
Ciência & Tecnologia

A carregar, por favor aguarde.
A Carregar

    Notícias Institucionais

    A carregar, por favor aguarde.
    A Carregar