Login  Recuperar
Password
  16 de Julho de 2019
Estão utilizadores online Existem actualmente entidades no directório

Pode fazer o registo (grátis) do seu mail pessoal/ profissional e ter acesso privado, password e serviços personalizados, nos sites e redes sociais dos jornais. Terá uma assinatura digital de Grupo (gratuita), mas personalizada. Pretende registar-se?

Registar-se com o seu email pessoal/ profissional

(aguarde 5)
Siga a nossa página Facebook Siga a nossa página Google Plus Siga-nos no YouTube Siga-nos no Twitter Dispositivos móveis Assine a edição impressa
Opinião
Imprimir em PDF    Imprimir    Enviar por email   Diminuir fonte   Aumentar fonte

O Factor WOW (leia-se uau)

As minhas clientes já sabem o que isto é para mim e ao que me refiro quando lhes digo que este deve ser sempre o último aspecto a considerar na construção de um look (mesmo do mais casual). O factor WOW não é mais do que aquele detalhe que faz toda a diferença e que irá causar admiração e inveja às demais. Pode ser um acessório, uma peça, um pequeno pormenor, o que importa é que cause impacto e corresponda ao vosso estilo pessoal e à imagem que querem transmitir.

09-07-2019 | Mariett Matias

 Mariett Matias
[+] Fotos
Mariett Matias
Assim, uma das minhas principais missões enquanto consultora de imagem e seguindo a guru Carla Mathis é conseguir ajudar as pessoas a encontrarem o seu factor WOW e mostrá-lo ao mundo.
Seguindo a linha de pensamento desta consultora de imagem, a nossa imagem deve ser um reflexo da nossa personalidade e das suas muitas dimensões, para que não sejamos apenas conhecidas pelas roupas que usamos.
Assim há que indicar primeiramente os quatros maiores problemas de estilo que nós consultoras identificamos e devem a todo custo evitar:
1. Roupa mal ajustada – a peça foi feita para o corpo de outra pessoa e não se encaixa no seu. Frequentemente usamos roupa demasiado apertada e justa, o que origina a comunicação de uma imagem desmazelada e sem grandes procupações.
2. Proporções visualmente desagradáveis – O corte da peça é muito longo ou muito curto comparativamente ao resto da roupa fazendo com a sua silhueta pareça desproporcional e desequilibrada.
3. Acessórios errados – já dizia a malograda Coco Chanel que antes de sairmos de casa nos devíamos olhar sempre ao espelho e tirar pelo menos um acessório. É frequente as mulheres caírem neste excesso ou precisamente no contrário: poucos acessórios, má qualidade e que nada tem a ver com a roupa.
4. Cabelos e maquilhagem não cuidados.
Um bom exercício para testarem se a vossa imagem integra algum destes erros é escolherem os vossos três looks favoritos, tirar uma foto frontal e uma traseira e percorrer a lista de erros de forma a perceber se algum deles se aplica ao vosso look. Se assim for devem partir para a sua correção pois todos os problemas são solucionáveis, ainda que uns mais que outros.
Contratar uma consultora de imagem poderá ser uma excelente ajuda na mais fácil identificação desses erros e a encontrar o seu factor WOW.

Tags:
COMENTÁRIOS
Deverá efectuar Login ou fazer o Registo (Grátis) para poder comentar esta notícia.
pub
Ciência & Tecnologia

A carregar, por favor aguarde.
A Carregar

    Notícias Institucionais

    A carregar, por favor aguarde.
    A Carregar