Login  Recuperar
Password
  22 de Outubro de 2019
Estão utilizadores online Existem actualmente entidades no directório

Pode fazer o registo (grátis) do seu mail pessoal/ profissional e ter acesso privado, password e serviços personalizados, nos sites e redes sociais dos jornais. Terá uma assinatura digital de Grupo (gratuita), mas personalizada. Pretende registar-se?

Registar-se com o seu email pessoal/ profissional

(aguarde 5)
Siga a nossa página Facebook Siga a nossa página Google Plus Siga-nos no YouTube Siga-nos no Twitter Dispositivos móveis Assine a edição impressa
Bombarral
Imprimir em PDF    Imprimir    Enviar por email   Diminuir fonte   Aumentar fonte

Programa apresentado no Bombarral vai dotar autarquias com 2100 estágios profissionais

Dois ministros, o da Administração Interna, Eduardo Cabrita, e o do Planeamento, Nelson de Souza, acompanhados pelos secretários de Estado Carlos Miguel (Autarquias Locais) e Maria do Céu Albuquerque (Desenvolvimento Regional), deslocaram-se na passada quarta-feira ao Bombarral, onde teve lugar a cerimónia de lançamento da 6ª edição do PEPAL – Programa de Estágios Profissionais para a Administração Local.

10-07-2019 | Marlene Sousa

Bombarral acolheu o lançamento da 6ª edição do PEPAL e contou com a presença dos ministros da Administração Interna e do Planeamento e secretários das Autarquias Locais e Desenvolvimento Regional
[+] Fotos
Bombarral acolheu o lançamento da 6ª edição do PEPAL e contou com a presença dos ministros da Administração Interna e do Planeamento e secretários das Autarquias Locais e Desenvolvimento Regional
“É regra este tipo de iniciativas serem realizadas de uma forma descentralizada e faria todo o sentido fazer num município de financiamento máximo deste programa”, disse o ministro Eduardo Cabrita em resposta ao JORNAL DAS CALDAS sobre a escolha do Bombarral para a realização desta sessão pública. O governante adiantou que o presidente da Câmara do Bombarral manifestava “o desejo que cá estivéssemos e foi uma boa razão para virmos a Bombarral”.
O ministro esteve pela primeira vez no Teatro Eduardo Brazão e frisou que se trata de “um espaço magnífico e lindíssimo”, pelo que ficou satisfeito pela escolha para a realização deste encontro.
A cerimónia contou ainda com a participação dos presidentes da ANMP – Associação Nacional de Municípios Portugueses, Manuel Machado, e da Anafre - Associação Nacional de Freguesias, Pedro Cegonho.
A abertura do evento, no qual estiveram ainda presentes autarcas de vários pontos do país e representantes de várias instituições, coube ao presidente da Câmara Municipal do Bombarral, Ricardo Fernandes, que se congratulou pela vila bombarralense ter sido a escolhida para a realização da cerimónia de lançamento “deste tão importante e distinto projeto”.
O autarca salientou ainda que este programa “é mais uma porta aberta aos nossos jovens, quer nesta inovadora visão, quer na forma como podem também eles ajudar no caminho para uma cada vez mais efetiva modernização administrativa e para uma nova e revigorante visão sobre o serviço público”.
Ricardo Fernandes aproveitou a oportunidade para defender, junto do governo, a necessidade de se construir o Hospital do Oeste. Segundo o autarca, há “uma necessidade urgente e premente” deste equipamento público para satisfazer as necessidades de mais de 300 mil habitantes da nossa região. “Somos doze municípios que trabalham cada mais de forma a potenciar a nossa região para o desenvolvimento e bem-estar das suas populações e esta matéria é, certamente para todos, fundamental”, apontou.
Seguiu-se a apresentação técnica da sexta edição do PEPAL, pelo subdiretor-geral da Direção-Geral das Autarquias Locais, António Ribeiro, que sublinhou que esta medida “visa rejuvenescer em massa critica, oportunidades e conhecimento os quadros das autarquias locais”.
O PEPAL “destina-se a jovens desempregados até aos 30 anos, ou 35 se portadores de deficiência ou com incapacidade, detentores de licenciatura ou de cursos técnicos superiores profissionais ou técnicos profissionais", explicou, o responsável.
António Ribeiro acrescentou que o programa visa apoiar a “transição dos jovens do sistema de ensino e formação profissional para o mercado de trabalho”, aumentando a “qualificação e consequentemente o perfil de empregabilidade, dando resposta às dificuldades de inserção na vida profissional”.
Também o presidente da Anafre elogiou o governo pelo facto do PEPAL poder incluir as freguesias. O presidente da ANMP referiu a importância do PEPAL, “que dá a oportunidade muitos jovens que ganham competências, dão mais dinâmica aos municípios e que se traduzem em oportunidades para se integrarem na vida real e no trabalho árduo que é desenvolvido nas autarquias”.
Por sua vez, o Ministro do Planeamento abordou a questão dos fundos comunitários, salientando o trabalho que tem sido realizado com as autarquias locais no sentido de colocar estes apoios ao serviço das populações.
Nelson de Souza considera que “o poder local é o verdadeiro intérprete do nosso objetivo de fazer chegar este instrumento de apoio à população e de responder às suas necessidades mais diretas”.
“Uma fatia significativa dos recursos do Portugal 2020 está nas mãos de quem está perto das populações e dos problemas que nós queremos resolver”, realçou o governante.
A última intervenção da tarde foi do ministro da Administração Interna, que começou por salientar o facto de este ser o “programa de qualificação de pessoas nas autarquias locais de maior dimensão que alguma vez tivemos, superando todas as edições anteriores”.
“São mais de 18,5 milhões de investimento de fundos europeus, que permitirá mobilizar 2100 jovens quadros para as nossas freguesias e para os nossos municípios”, realçou Eduardo Cabrita.
O governante sublinhou ainda que “esta medida não visa criar emprego fácil, mas sim promover a qualificação nas novas áreas abrangidas no processo de descentralização, contribuindo para que as autarquias estejam melhor preparadas para assumir estes novos desafios”.
Podem ser entidades promotoras dos estágios: municípios, freguesias, áreas metropolitanas, comunidades intermunicipais, empresas locais e associações públicas de municípios e de freguesias.
Tags:
COMENTÁRIOS
Deverá efectuar Login ou fazer o Registo (Grátis) para poder comentar esta notícia.
pub
Ciência & Tecnologia

A carregar, por favor aguarde.
A Carregar

    Notícias Institucionais

    A carregar, por favor aguarde.
    A Carregar