Login  Recuperar
Password
  22 de Outubro de 2019
Estão utilizadores online Existem actualmente entidades no directório

Pode fazer o registo (grátis) do seu mail pessoal/ profissional e ter acesso privado, password e serviços personalizados, nos sites e redes sociais dos jornais. Terá uma assinatura digital de Grupo (gratuita), mas personalizada. Pretende registar-se?

Registar-se com o seu email pessoal/ profissional

(aguarde 5)
Siga a nossa página Facebook Siga a nossa página Google Plus Siga-nos no YouTube Siga-nos no Twitter Dispositivos móveis Assine a edição impressa
Caldas / Sociedade
Imprimir em PDF    Imprimir    Enviar por email   Diminuir fonte   Aumentar fonte

Rotary Clube das Caldas candidata-se a subsídio internacional de 200 mil euros para comprar equipamentos para o hospital

O Rotary Clube das Caldas vai candidatar-se a um subsídio do Rotary Internacional (Foundation) nos Estados Unidos da América (Chicago) de 200 mil euros para comprar equipamentos para o Centro Hospitalar do Oeste (CHO) - unidade das Caldas da Rainha.

03-07-2019 | Marlene Sousa

Novo presidente do Rotary Club das Caldas, José António, e o presidente do Rotaract, Ruben
Novo presidente do Rotary Club das Caldas, José António, e o presidente do Rotaract, Ruben
O anúncio foi feito na passada sexta-feira pelo novo presidente, José António, durante o jantar de transmissão de tarefas do clube caldense.
Este subsídio irá possibilitar aos rotários caldenses comprar aparelhos novos para o serviço de pediatria, urgência, gastrenterologia e obstetrícia.
Para fazer esta candidatura os rotários caldenses estão a elaborar um projeto global a favor da comunidade caldense com o equipamento necessário para o CHO.
Para este projeto global a candidatura tem que ser no mínimo de 30 mil euros e a verba atribuída pelo Rotary Internacional tem que ser acompanhada por uma verba conseguida em Portugal. “Se obtivermos fundos do meio empresarial ou da Câmara a fundação internacional comparticipa com 50%”, explicou o presidente.
Esta iniciativa do Rotary Clube surge na sequência do anúncio do presidente da Câmara das Caldas, na sessão solene de 15 de maio, de que vai ajudar o Hospital das Caldas com 300 mil euros em obras no serviço de Obstetrícia e 100 mil euros para aquisição de equipamentos, para garantir que aquela unidade hospitalar caldense do CHO “funcione minimamente”, uma vez que o Estado “não investe”.
A autarquia esteve representada pelo presidente da Câmara, Tinta Ferreira, que manifestou que “na sequência das declarações que eu fiz e num apelo para que a sociedade civil também desse o seu contributo, os rotários das Caldas tomaram a iniciativa de dizer que estavam disponíveis para acompanhar a autarquia nesses investimentos na sequência de uma candidatura que iam fazer ao Rotary Internacional”.
Assim sendo o total o dinheiro angariado para obras e compra de equipamento para a unidade das Caldas do CHO poderá chegar aos 600 mil euros.
O novo presidente do Rotary Clube das Caldas, que sucedeu a Manuela Franco, anunciou ainda um outro projeto, a nível internacional, de recursos hídricos e saneamento em Cabo Verde, no valor de 50 mil euros. “Vamo-nos candidatar ao Rotary Internacional e o objetivo é “fazer a captação de águas, recuperando alguma das chuvas, e armazená-la, para depois distribuí-la e levá-la a duas escolas primárias numa aldeia na ilha de Santiago”, explicou José António, acrescentando que irão também fazer o saneamento básico nestas duas escolas.
José António disse que vai projetar estes projetos a três anos. Os presidentes que se seguirão terão os projetos “candidatados, aprovados ou em execução e o que posso garantir é esforçar-me para fazer o mais possível”, salientou.
O novo presidente rotário garantiu ainda o desenvolvimento das atividades normais como os prémios escolares aos melhores alunos, conferências, homenagem ao profissional do ano e de carreira, projeto “As Crianças Primeiro”, entre outros.

Festa de verão na Mata

Vai decorrer no dia 27 de julho a primeira grande “Festa de Verão – Dia do Amigo” organizada pelos rotários das Caldas, que terá lugar no parque das merendas na Mata Rainha D. Leonor, pelas 14h00 e tem como objetivo comemorar o “companheirismo e a amizade”. Haverá sardinha assada, churrasco, vinho (bebidas) e animação. O clube caldense convida toda a população para a festa, que reverte a favor das atividades de solidariedade social dos rotários. O preço é 5 euros e se devolver o prato e caneca com o logotipo do Rotary Clube será reembolsado com 2 euros.
José António, engenheiro civil, é natural de Reguengo do Fetal, uma freguesia do concelho da Batalha, mas reside nas Caldas da Rainha. Vai promover a 5 de outubro uma excursão às festas de Nossa Senhora do Fetal, onde milhares de cascas de caracóis vão iluminar a procissão.
Na cerimónia de tomada de posse, que decorreu no restaurante “A Lareira”, o novo presidente contou com a presença de familiares e amigos.
Manuela Franco, que cumpriu dois anos de presidência do clube, disse na sua intervenção de despedida que “as metas traçadas foram alcançadas”. Destacou o aumento do quadro social, com a entrada de quatro novos companheiros.
Além dos projetos habituais, ofereceram um aparelho de avaliação de sinais vitais para equipar uma ambulância dos bombeiros voluntários das Caldas e contribuíram também com um donativo para apoio às vítimas do furacão que devastou Moçambique, e ainda com uma verba para a erradicação da pólio, entre outros.
Presentes nesta cerimónia estiveram os quatro jovens membros do Rotaract que têm já várias atividades planeadas. O presidente, Ruben Melgaço, continua como presidente do Rotaract.
Tags:
COMENTÁRIOS
Deverá efectuar Login ou fazer o Registo (Grátis) para poder comentar esta notícia.
pub
Ciência & Tecnologia

A carregar, por favor aguarde.
A Carregar

    Notícias Institucionais

    A carregar, por favor aguarde.
    A Carregar