Login  Recuperar
Password
  16 de Julho de 2019
Estão utilizadores online Existem actualmente entidades no directório

Pode fazer o registo (grátis) do seu mail pessoal/ profissional e ter acesso privado, password e serviços personalizados, nos sites e redes sociais dos jornais. Terá uma assinatura digital de Grupo (gratuita), mas personalizada. Pretende registar-se?

Registar-se com o seu email pessoal/ profissional

(aguarde 5)
Siga a nossa página Facebook Siga a nossa página Google Plus Siga-nos no YouTube Siga-nos no Twitter Dispositivos móveis Assine a edição impressa
Escolhas do Editor, Regional
Imprimir em PDF    Imprimir    Enviar por email   Diminuir fonte   Aumentar fonte

Será lançado este mês o concurso público para a modernização da linha do Oeste

O lançamento do concurso público para a modernização da linha do Oeste está previsto para este mês. A Infraestruturas de Portugal (IP), contatada pelo JORNAL DAS CALDAS, disse que se está na fase de preparação dos processos de contratação dos “vários contratos a lançar no âmbito do empreendimento Mira Sintra-Meleças-Caldas da Rainha, da Linha do Oeste”, prevendo-se que o lançamento ocorra brevemente”.

03-07-2019 | Marlene Sousa (texto) / Ana Santos (foto)

Empreendimento Mira Sintra-Meleças-Caldas da Rainha, da Linha do Oeste, está em fase de contratação
[+] Fotos
Empreendimento Mira Sintra-Meleças-Caldas da Rainha, da Linha do Oeste, está em fase de contratação
A Linha do Oeste aguarda por obras de modernização entre Meleças (Sintra) e Caldas da Rainha, no valor de mais de 100 milhões de euros, mas o lançamento do concurso público, já ultrapassou em muito o prazo estabelecido pela tutela. Segundo o plano Ferrovia 2020, a meia modernização da linha do Oeste (só está previsto o troço entre Meleças e Caldas) já deveria estar em obras desde finais de 2017 para estar concluída em junho de 2020.
“O lançamento do concurso da primeira empreitada, a de modernização do troço Mira Sintra-Meleças-Torres Vedras está a ser ultimado, tendo a IP intenção de o lançar previsivelmente durante o mês de julho.
As intervenções previstas no empreendimento Mira Sintra-Meleças-Caldas da Rainha serão distribuídas por vários contratos de empreitada. Será feita a construção de desvios ativos (duplicação da via-férrea), com uma extensão total de 18km para aumento da capacidade da linha (permitirá o cruzamento de comboios sem necessidade de paragem).
O projeto contempla a construção de uma variante com 2km de extensão e ripagens pontuais para regularizar a velocidade de circulação e a eletrificação do troço. Está prevista ainda a instalação do Sistema de Retorno de Corrente de Tração e Terras de Proteção. Do projeto fazem parte intervenções em 11 estações e 12 apeadeiros e o reforço, rebaixamento e reabilitação estrutural dos túneis existentes no troço, para permitir a instalação da catenária.
As obras contemplam também a supressão de passagens de nível com a construção de passagens desniveladas e a construção de uma subestação de tração elétrica em Runa (para alimentar eletricamente a catenária).

Tags:
COMENTÁRIOS
Deverá efectuar Login ou fazer o Registo (Grátis) para poder comentar esta notícia.
pub
Ciência & Tecnologia

A carregar, por favor aguarde.
A Carregar

    Notícias Institucionais

    A carregar, por favor aguarde.
    A Carregar